terça-feira, 30 de outubro de 2012

Literatura de Cordel - A educação de Alagoas

Em 2011, durante um evento que ocorreu em nossa Universidade (o EPEAL), tive a oportunidade de ministrar, juntamente com mais duas colegas de monitoria - Ana Paula Palmeira e Tatiane Hilário -  e nossa professora orientadora - Roseane Amorim,  o minicurso "Histórias e Memórias da Educação em Alagoas: um estudo sobre as classes populares entre os anos de 1930 e 1970".
Nessa ocasião, fiquei responsável por escrever um cordel, o qual seria cantado ou contado por todos os participantes do minicurso, uma espécie de dinâmica, para descontraírmos!
Então, quando comecei a pesquisar sobre o tema, me lembrei dele. Trata sobre a história da nossa educação. Aqui vai:






LITERATURA DE CORDEL:
A educação de Alagoas
(Michelle Oliveira)


Ouça bem ó minha gente,
O que nós vamos falar:
É a história de Alagoas
No ato de educar.

Prestem bem atenção
Para poder entender,
Que foi em 1500
Quando tudo começou.

Foi em 1500
Quando tudo começou,
Mas em 1800
Que oficializou.

Alagoas está presente
Na história do Brasil
Desde quando os portugueses
Colhiam o pau-brasil.

Mas a nossa educação
Não teve muita mudança,
Continua frágil e pobre
Como quer a liderança.

Pois a educação que temos
Sempre foi dualista
De um lado, migalhas aos pobres
Do outro, fartura à classe rica.

Por isso, meu camarada
Faça bem a sua parte
Educando a meninada
Com educação e arte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário